21 fevereiro 2006

232) Dicionário Brasileiro de Prazos

Para evitar que estrangeiros nos entendam mal, está sendo compilado o Dicionário Brasileiro de Prazos, que já deveria estar pronto, mas atrasou...

DEPENDE: Envolve a conjunção de várias incógnitas, todas desfavoráveis. Em situações anormais, pode até significar sim. O mais comum é que signifique diversos pretextos para dizer não.

JÁ JÁ: Aos incautos, pode dar a impressão de ser duas vezes mais rápido do que já. Ledo engano; é muito mais lento. Faço já significa que é a primeira prioridade, enquanto Faço já já quer dizer apenas - assim que puder vou pensar a respeito.

LOGO: Logo é bem mais tempo do que dentro em breve e muito mais do que daqui a pouco. É tão indeterminado que pode até levar séculos. Logo chegaremos a outras galáxias, por exemplo. É preciso também tomar cuidado com a frase Mas logo eu?, que quer dizer Tô fora.

NO MÁXIMO: Essa é fácil: quer dizer no mínimo. Exemplo: Entrego em meia hora no máximo. Significa que a única certeza é de que a coisa não será entregue antes de meia hora.

PODE DEIXAR: Traduz-se como nunca mais.

POR VOLTA: Similar a no máximo. É uma medida de tempo dilatada, em que o limite inferior é claro, mas o superior é totalmente indefinido. Por volta das 5h quer dizer - a partir das 5 h.

SEM FALTA: É uma expressão que só se usa depois do terceiro atraso. Porque depois do primeiro, deve-se dizer - fique tranqüilo que amanhã eu entrego. E depois do segundo - Relaxe, amanhã estará em sua mesa. Só aí é que vem o "amanhã, sem falta".

UM MINUTINHO: É um período de tempo incerto e não sabido, que nada tem a ver com um intervalo de 60 segundos e raramente dura menos que cinco minutos.

VEJA BEM: É o day after do depende. Significa Viu como pressionar não adianta?. É utilizado da seguinte maneira: "Mas você não prometeu os cálculos para hoje?" Resposta: "Veja bem..."

xiiiiiiii...: Se após a frase: Não vou mais tolerar atrasos, você ouvir este som entenda que ele exprime dó e piedade por tamanha ignorância sobre nossa cultura.

ZÁS-TRÁS: Palavra em moda até uns 30 anos atrás e que significava ligeireza no cumprimento de uma tarefa, com total eficiência e sem nenhuma desculpa. Por isso mesmo, caiu em desuso e foi abolida do dicionário.

6 Comments:

Anonymous Tambosi said...

Ótima!

Vou chamar amanhã no meu blog.

Abs., Tambosi

quarta-feira, fevereiro 22, 2006 12:10:00 AM  
Anonymous Gusta said...

Muito bom!

Acabei de ler suas considerações sobre o "voto nulo" no mãoslimpas e concordo plenamente com o que vc coloca.
É um assunto sério que está sendo tratado por várias correntes, sem muito embasamento.
Parabéns pelo blog.
Abraço

quinta-feira, fevereiro 23, 2006 10:47:00 AM  
Blogger Ricardo Rayol said...

Engraçadissimo. Cheguei aqui pelo Tambosi e voltarei para novas leituras

quinta-feira, fevereiro 23, 2006 7:35:00 PM  
Anonymous Aline said...

Adorei o dicionário,mais verdadeiro impossível!

sexta-feira, fevereiro 24, 2006 7:17:00 PM  
Blogger Peninha said...

Muito legal
Sendo neurótico adorador do relógio que já me colocou em várias "saias justas" poderia até colaborar com algumas respostas incertas quando cobro hora ou prazos.

sábado, fevereiro 25, 2006 7:06:00 PM  
Blogger Peninha said...

Muito legal
Sendo neurótico adorador do relógio que já me colocou em várias "saias justas" poderia até colaborar com algumas respostas incertas quando cobro hora ou prazos.

sábado, fevereiro 25, 2006 7:06:00 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home