22 março 2006

273) Uma bibliografia preliminar sobre a diplomacia do governo Lula

Interpretações sobre a diplomacia do Governo Lula
uma classificação tentativa com base na literatura disponível


Referências bibliográficas:

(a) As “vozes autorizadas”:
Amorim, Celso L. N. “Discurso de posse” (Brasília, 1º de janeiro de 2003; link: http://www.mre.gov.br/portugues/politica_externa/discursos/discurso_detalhe.asp?ID_DISCURSO=2032; acesso em 10.03.06).
-------. “Conceitos e estratégias da diplomacia do Governo Lula”, Diplomacia, Estratégia, Política (Brasília: ano I, nº 1, out.-dez 2004, p. 41-48).
-------. “A política externa do governo Lula: dois anos”, Plenarium (Brasília: Câmara dos Deputados, ano 2, nº 2, novembro de 2005, p. 50-59; link: http://www2.camara.gov.br/publicacoes/edicoes/Plenarium2.pdf).
-------. “A ALCA e o jogo dos sete erros”, O Estado de São Paulo (26.08.2003).
-------. “A Alca possível”, Folha de São Paulo (8.07.2003).
-------. “The Real Cancun”, The Wall Street Journal (25.09.2003, p. A18)
-------. “A lição de Cancun”, Política Externa (São Paulo: vol. 12, nº 3, dez-jan-fev 2003/2004, p. 7-17).
------- ; Guimarães, S. P.; Lula da Silva, Luiz I. A política externa do Brasil (Brasília: IPRI-FUNAG, 2003).
Garcia, Marco Aurélio. “Assessor da Presidência da República aponta os eixos da política externa do governo Lula”, boletim da ADB (Brasília: Associação dos Diplomatas Brasileiros, ano X, nº 42, jan.-mar. 2003, p. 16-22).
Guimarães, Samuel Pinheiro. Discurso por ocasião da transmissão do cargo de Secretário-Geral das Relações Exteriores (Brasília, 09/01/2003, disponível no link: http://www.mre.gov.br/portugues/politica_externa/discursos/discurso_detalhe.asp?ID_DISCURSO=2038; acesso em 10.03.06).
-------. [Novo livro: título desconhecido], conjunto de 12 ou 13 capítulos sobre temas econômicos, culturais, políticos, tecnológicos e de relações internacionais, vários deles já publicados em veículos eletrônicos (a exemplo da Agência Carta Maior: www.agenciacartamaior.uol.com.br) e cujo “Posfácio” foi publicado no site La Onda Digital, sob o título de “Los tres años del Gobierno del Presidente de Brasil Luiz Inácio Lula Da Silva” (Montevidéu; nº 277, 28.02 a 06.03.2006; link: http://www.uruguay2030.com/LaOnda/LaOnda/277/Recuadro2.htm; acesso em 11.03.06).
-------. “Macunaíma, Subdesenvolvimento e Cultura”, integra o conjunto de textos acima referidos, mas tem importância especial pois foi indicado como a fonte inspiradora do projeto de lei que criava a Agência Nacional de Cinema e Audiovisual (Ancinav), depois abandonado pelo governo; publicado no boletim eletrônico Outras Palavras (Planeta Porto Alegre: 9.09.2004; link: http://www.planetaportoalegre.net/publique/cgi/public/cgilua.exe/web/templates/htm/1P1OO/view.htm?infoid=9194&user=reader&editionsectionid=89; acesso em 11.03.06).
-------. “Inserção Internacional do Brasil” (34 p.) e “Por uma Nova Estratégia de Comércio Exterior: sugestões” (9 p.), conferências efetuadas no Centro de Estudos Estratégicos da Escola Superior de Guerra (Rio de Janeiro: ESG-CEE, em 10.05.2002 e em 24.11.2002; links: http://www.esg.br/cee/ARTIGOS/samuel5.PDF e www.esg.br/cee/ARTIGOS/samuel6.PDF; acesso em 11.03.06).
-------. “Reflexões sul-americanas”, Prefácio (Brasília, 7.10.2002) ao livro de L. A. Moniz Bandeira, Conflito e integração na América do Sul: Brasil, Argentina e Estados Unidos (Da Tríplice Aliança ao Mercosul 1870-2003) (Rio de Janeiro: Revan, 2003; transcrito na Espaço Acadêmico (Maringá: ano 3, nº 24, mai 2003; link: http://www.espacoacademico.com.br/024/24liv_moniz.htm; acesso em 11.03.06).
-------. Quinhentos anos de periferia: contribuição ao estudo da política internacional (4ª ed.; Rio de Janeiro-Porto Alegre: Contraponto-UFRGS, 2002).
Silva, Luis Inácio Lula da. Discurso no Congresso Nacional (Brasília, 1º.01.2003; link: http://www.mre.gov.br/portugues/politica_externa/discursos/discurso_detalhe.asp?ID_DISCURSO=2029; acesso em 10.03.06).
-------. “Mensagem ao Congresso Nacional”, 17 de fevereiro de 2003; as seções relativas à defesa e à política externa estão disponíveis no seguinte link da Presidência da República: http://www.presidencia.gov.br/publi_04/COLECAO/mens03_10.pdf; acesso em 11.03.06).
-------. Pronunciamentos do presidente da República sobre a política internacional e as relações exteriores do Brasil podem ser encontrados preferencialmente nos sites do Itamaraty (www.mre.gov.br), no da Presidência da República (www.planalto.gov.br) ou no da Radiobrás (www.radiobras.gov.br).

(b) os “simpatizantes benevolentes”:
Bahadian, Adhemar G. e Lyrio, Maurício Carvalho. ALCA: um depoimento da co-presidência brasileira, Política Externa (São Paulo: vol. 14, nº 3, dez-jan-fev 2005/2006, p. 125-137).
Batista Jr., Paulo Nogueira. “A Alca e o Brasil”. Estudos Avançados (São Paulo: IEA-USP; mai-ago. 2003, vol. 17, nº 48, p. 267-293; ISSN 0103-4014; link: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142003000200021&lng=es&nrm=iso; acesso em 11.03.06).
Bustani, José Maurício. “O Brasil e a Opaq: diplomacia e defesa do sistema multilateral sob ataque”, Estudos Avançados (São Paulo: IEA-USP, vol. 16, nº 46, 2002; ISSN 0103-4014; p. 69-84; link: http://www.scielo.br/pdf/ea/v16n46/v16n46a06.pdf; acesso em 11.03.06).
Candeas, Alessandro Warley. “Relações Brasil-Argentina: uma análise dos avanços e recuos”, Revista Brasileira de Política Internacional (Brasília: ano 48, nº 1, 2005, p. 178-213).
Castro, Maria Silvia Portela de. “Mercosul: sob nova administração”, Teoria e Debate (São Paulo: Fundação Perseu Abramo, ano 17, nº 56, dez. 2003/jan. 2004; link: http://www.fpa.org.br/td/td56/td56_interncaional.htm).
Cervo, Amado Luiz. “Política exterior do Brasil: o peso da história”, Plenarium (Brasília: Câmara dos Deputados, ano 2, nº 2, novembro de 2005, p. 10-26; link: http://www2.camara.gov.br/publicacoes/edicoes/Plenarium2.pdf).
“A política exterior: de Cardoso a Lula”, Revista Brasileira de Política Internacional (Brasília: IBRI:ano 46, nº 1, 2003, p. 5-11).
-------. “Política exterior e relações internacionais do Brasil: enfoque paradigmático”, ”, Revista Brasileira de Política Internacional (Brasília: ano 46, nº 2, 2003, p. 2-22).
Mello, Fátima V. “Brasil y el ALCA: el estado del debate desde la victoria de Lula”, Estúdios sobre el Alca (Santiago de Chile: Fundación Friedrich Ebert, nº 2, novembro 2002, p. 1-8; link www.fes.cl)
Moniz Bandeira, L. A. As relações perigosas: Brasil-Estados Unidos (de Collor a Lula, 1990-2004) (Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2004).
-------. “Política Exterior do Brasil: de FHC a Lula”, Plenarium (Brasília: Câmara dos Deputados, ano 2, nº 2, novembro de 2005, p. 64-82; link: http://www2.camara.gov.br/publicacoes/edicoes/Plenarium2.pdf); Espaço Acadêmico (Maringá: ano 5, nº 49, jun 2005; ISSN: 1519-6186 link: http://www.espacoacademico.com.br/049/49bandeira.htm; acesso em 11.03.06).
Ricci, Rudá, “A política externa de Lula”, Espaço Acadêmico (Maringá: ano 3, nº 27, ago 2003; link: http://www.espacoacademico.com.br/027/27ricci.htm; ISSN: 1519-6186; acesso em 10.03.06).
Saraiva, Flávio S. “Entre a retórica e o realismo: o peso da política exterior do Brasil de Vargas a Lula (1954-2005)”, in idem e Cervo, Amado Luiz (orgs.) O crescimento das relações internacionais do Brasil (Brasília: Instituto Brasileiro de Relações Internacionais, 2005; p. 53-78).
Sardenberg, Ronaldo Mota. “Brasil, política multilateral e Nações Unidas”, Estudos Avançados (São Paulo: IEA-USP, vol. 19, nº 53, 2005, p. 347-367; ISSN 0103-4014; link: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_pdf&pid=S0103-40142005000100023&lng=en&nrm=iso&tlng=pt; acesso em 11.03.06).
Seitenfus, Ricardo. “Elementos para uma diplomacia solidária: a crise haitiana e os desafios da ordem internacional contemporânea”, Carta Internacional (São Paulo: Nupri-USP, vol. 1, nº 1, março 2006, p. 5-12; ISSN: 1413-0904; link http://www.usp.br/cartainternacional/modx/assets/docs/CartaInter_2006-01.pdf).
-------. “Le Sud devient le nord: fondement de l’actuelle diplomatie brésilienne” in Monclaire, Stéphane et Jean François Deluchey (orgs.), Gouverner l'intégration: les politiques nationales et internationales du Brésil de Lula (Paris: IHEAL, 2006; p. 120-160).
-------. “O Mercosul e a penhora da Casa”, Estudos Avançados (São Paulo, IEA-USP, vol. 19, nº 55, set.-dez. 2005; ISSN: 0103-4014, p. 75-84; link: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142005000300006&lng=en&nrm=iso).
Vizentini, Paulo. “Brasil: a diplomacia high profile do governo Lula”, in A Nova Ordem Global: relações internacionais do século 20 (site do autor; 20.09.03; link: http://educaterra.terra.com.br/vizentini/artigos/artigo_131.htm; acesso em 11.03.06).
-------. “Um ano de política externa do governo Lula” A Nova Ordem Global: relações internacionais do século 20 (site do autor; 22.12.03; link: http://educaterra.terra.com.br/vizentini/artigos/artigo_142.htm; acesso em 11.03.06).
-------. “Avanços da política externa brasileira”, A Nova Ordem Global: relações internacionais do século 20 (site do autor; 12.04.05; link: http://educaterra.terra.com.br/vizentini/artigos/2005/04/12/000.htm; acesso em 11.03.06).

(c) os “acadêmicos neutros”:
Almeida, Paulo R. “A Política Externa do novo Governo do Presidente Luís Inácio Lula da Silva: retrospecto histórico e avaliação programática”, Espaço Acadêmico (Maringá: ano 2, nº 19, dezembro de 2002; ISSN: 1519-6186; link: http://www.espacoacademico.com.br/019/19pra.htm; acesso em 11.03.06).
-------. “A política internacional do Partido dos Trabalhadores: da fundação do partido à diplomacia do governo Lula”, Sociologia e Política (Curitiba: UFPR; ISSN: 0104-4478; nº 20 junho 2003, pp. 87-102; dossiê Relações internacionais: organização: Rafael A. D. Villa; link: www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-44782003000100008; acesso em 11.03.06).
-------. “A relação do Brasil com os EUA: de FHC-Clinton a Lula-Bush: A economia política do relacionamento bilateral”, in Fabio Giambiagi, José Guilherme Reis e André Urani (orgs.), Reformas no Brasil: Balanço e Agenda (Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2004; ISBN: 85-2091-609-0, p. 203-228).
-------. “La politique internationale du Parti des Travailleurs: de la fondation du parti à la diplomatie du gouvernement Lula”, in Denis Rolland et Joëlle Chassin (orgs.), Pour Comprendre le Brésil de Lula (Paris: L’Harmattan, 2004, 320 p.; ISBN: 2-7475-6749-4; pp. 221-238).
-------. “Um exercício comparativo de política externa: FHC e Lula em perspectiva”, Colunas de RelNet (Brasília: nº 9, mês 1-6, ano 2004, Link: http://www.relnet.com.br/Arquivos/html/2004/A_7725.html); Republicado na revista eletrônica Achegas (Rio de Janeiro: nº 17, 12 de maio de 2004; ISSN 1677-8855; link: http://www.achegas.net/numero/dezessete/paulo_r_a_17.htm) e na revista Brasil em Movimento – Os avanços do governo Lula (São Paulo: Revista especial do Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores, junho de 2004, p. 30).
-------.“Uma política externa engajada: a diplomacia do governo Lula”, Revista Brasileira de Política Internacional (Brasília: IBRI, ano 47, nº 1, 2004, ISSN: 0034-7329; pp. 162-184). Transcrito no boletim eletrônico do PT, Linha Aberta, nº 1.855, em 8 de junho de 2004 (link: http://www.pt.org.br/site/artigos/artigos_int.asp?cod=684). Resumo em espanhol apresentado no site do CADAL, Centro para la Apertura y el Desarrollo de América Latina (Buenos Aires: 16.10.2004; link: http://www.cadal.org/articulos/nota.asp?id_nota=764); republicado em espanhol (tradução de Carlos Tirado Zavala, ministro mexicano) sob o título de “Una política exterior comprometida: la diplomacia del gobierno de Lula”, no Boletim eletrônico ForoSEM, do Servicio Exterior Mexicano, (México: link: http://www.forosem.net/index.php?option=com_content&task=view&id=95&Itemid=123); versão original: www.pralmeida.org/05DocsPRA/1260PExtLula.pdf).
-------. “A política da política externa: o papel dos partidos políticos” in Almeida, P.R., Relações Internacionais e Política Externa do Brasil: história e sociologia da diplomacia brasileira (Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2004, cap. 6, p. 187-254).
-------. “A política externa nas campanhas presidenciais, de 1989 a 2002, e a diplomacia do governo Lula” in Almeida, P.R., Relações Internacionais e Política Externa do Brasil, op. cit., cap. 7, p. 255-308).
-------. “A relação do Brasil com os EUA: de FHC-Clinton a Lula-Bush?” in Giambiagi, Fabio; Reis, José Guilherme; Urani, André (orgs.). Reformas no Brasil: Balanço e Agenda (Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2004, p. 203-228).
-------. “Políticas de Integração Regional no Governo Lula”, Política Internacional (Lisboa: nº 29, II série, dezembro 2005, p. 33-60; número especial “O Brasil de Lula: retrospectiva 2003-2005, perspectiva 2006”, organizadores: Clóvis Brigagão e Silvério Zebral). Republicada na Revista do Programa de Mestrado em Direito do UniCEUB (Brasília: vol. 2, nº 1, p. 20-54, janeiro-junho de 2005; link: http://www.mestrado.uniceub.br/revistamestrado/pdf/Artigo%20Prof%20Paulo%20Roberto%20Almeida.pdf) e no site do Centro Argentino de Estudios Internacionales (Buenos Aires: CAEI; Working Papers Integración Regional nº 11, 11 dezembro 2005; link: http://www.caei.com.ar/programas/integracion/11.pdf).
Ayllón, Bruno. “La política exterior del gobierno Lula y las relaciones de Brasil com la Unión Europea” (Madri: Real Instituto Elcano de Estudios Internacionales y Estratégicos; ARI nº 22, 24/2/2006; link: www.realinstitutoelcano.org/analisis/915/915_Ayllon.pdf).
Bernal-Meza, Raúl, “Política Exterior de Argentina, Brasil y Chile: Perspectiva Comparada” in Denis Rolland & José Flavio Sombra Saraiva (orgs.), Political Regime and Foreign Relations. A Historical perspective (Paris: L’Harmattan, 2004; pp.183-212; ISBN: 2-7475-5999-8).
-------. “Política Exterior de Argentina, Chile y Brasil: Perspectiva Comparada”, in José Flávio Sombra Saraiva (org.), Foreign Policy and Political Regime (Brasilia, Instituto Brasileiro de Relaçôes Internacionais, 2003, p. 237-276, ISBN 85-88270-12-9).
Brigagão, Clovis. “Política externa do Governo Lula: continuidade e mudanças”, Política Internacional (Lisboa: II série, nº 29, nov. 2005, p. 17-31).
Cardoso, Arnaldo Francisco. “Política Externa e Desenvolvimento Nacional: por onde vai o governo Lula?” (São Paulo: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais; Núcleo de Estudos em Arte, Mídia e Política; seção Artigos; link: Link: http://www.pucsp.br/neamp/artigos/artigo_44.htm; acesso em 11.03.06).
Castro Neves, João Augusto de. “O estado atual da política externa brasileira”, Análise Mensal (Brasília: Instituto Brasileiro de Estudos Políticos, nº 235, 30 novembro 2004, 10 p.).
-------. “A política externa entre a ambição e a realidade”, Follow-up Político Mensal (Brasília: Instituto Brasileiro de Estudos Políticos, nº 239, 31 março 2005, 12 p.).
-------. “Sinais de desgaste da política externa do governo Lula”, Follow-up Político Mensal (Brasília: Instituto Brasileiro de Estudos Políticos, nº 241, 31 maio 2005, 10 p.).
-------. “Implicações externas e internas da diplomacia do governo Lula”, Follow-up Político Mensal (Brasília: Instituto Brasileiro de Estudos Políticos, nº 244, 31 agosto 2005, 9 p.).
-------. “A política externa brasileira em 2007”, Follow-up Político Mensal (Brasília: Instituto Brasileiro de Estudos Políticos, nº 250, 3 março 2006, 9 p.).
Cruz, Sebastião C. Velasco e. “Novo rumo à política externa?”, Teoria e Debate (São Paulo: Fundação Perseu Abramo, nº 55, set.-out.-nov 2003; link: http://www.fpabramo.org.br/td/td55/td55_internacional.htm ; acesso em 11.03;06).
Flores, Mario Cesar. “União Regional e Democracia”, O Estado de São Paulo (São Paulo: 17/2/2004).
-------. “União Complicada”, O Estado de São Paulo (São Paulo: 6/04/2005).
-------. “Possibilidades e Riscos da União Regional” (Rio de Janeiro: Cebri, abril 2006).
Lima, María Regina Soares de. “A política externa brasileira e os desafios da cooperação Sul-Sul”, Revista Brasileira de Política Internacional (Brasília: IBRI, ano 48, nº 1, 2005, p. 24-59).
-------. “As Américas na Política Externa do Governo Lula”, Nueva Sociedad, Anuario Social y Político de América Latina y el Caribe (Caracas: Flacso/Unesco, Nro. 6, 2003, pp 49-54; link: www.nuevasoc.org.ve/upload/anexos/foro_385.pdf ; acesso em 11.03.06).
-------. “Na trilha de uma política externa afirmativa”, Observatório da Cidadania (Rio de Janeiro, IBASE, 2003, Relatório nº 7, Panorama brasileiro 2003, p. 94-100; link: http://www.socialwatch.org/en/informeImpreso/pdfs/panorbrasileirog2003_bra.pdf; acesso em 11.03.06).
------- e Hirst, Monica. “Brazil as an intermediate state and regional power: action, choice and responsibilities”, International Affairs (Londres: Royal Institute of International Affairs, vol. 82, nº 1, jan 2006, p. 21-40).
Marconini, Mario. “Trade Policy Making in Brazil” (Washington: The Inter-American Development Bank, the University of Toronto and the Inter-American Dialogue, 2005).
-------. “Brazil Trade Policy 2004: The Good, The Bad and the Uppity”, Viewpoint (Nova York: Conselho das Américas, vol. 1, nº 3, fevereiro 2005, p. ; link: http://www.counciloftheamericas.org/coa/publications/ViewPointBrazil/ViewPoint%20Brazil%20Marconini%20Jan%20'05%20final.htm).
------- e Giambiagi, Fabio. “Mercosul: após a ‘paciência estratégica’, o quê?” in Giambiagi, Fabio; Reis, José Guilherme; Urani, André (orgs.). Reformas no Brasil: Balanço e Agenda (Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2004, p. 179-201).
Markwald, Ricardo Andrés, “A Política Externa Comercial do Governo Lula: o caso do Mercosul”, Revista Brasileira de Comércio Exterior (Rio de Janeiro: Funcex, nº 83, 2005, p. 21-31; link: www.funcex.com.br/bases/83-polcom-RM.pdf; acesso em 11.03.06)
Oliveira, Henrique Altemani de. Política Externa Brasileira (São Paulo: Editora Saraiva, 2005).
Santiso, Carlos. “The Gordian Knot of Brazilian Foreign Policy: Promoting democracy while respecting sovereignty”, Cambridge Review of International Affairs (Cambridge: vol. 16, nº 2, jul. 2003, p. 343-358; link: http://scholar.google.com.br/url?sa=U&q=http://taylorandfrancis.metapress.com/index/8GVY9YY59BXA0VX1.pdf ; acesso em 11.03.06).
Santos, Luis Cláudio Villafañe Gomes. “A América do Sul no discurso diplomático brasileiro”, Revista Brasileira de Política Internacional (Brasília: IBRI, vol. 48, nº 2, 2005, p. 185-204).
Sennes, Ricard; Onuki, Janina; Oliveira, Amâncio Jorge de. “La política exterior brasileña y la seguridad hemisférica”, Revista Fuerzas Armadas y Sociedad (Santiago de Chile: ano 18, nº 3-4, 2004; p. 3-26; link: http://scholar.google.com.br/url?sa=U&q=http://www.fasoc.cl/files/articulo/ART41f69fdb82038.pdf ; acesso em 11.03.06).
Souto Maior, Luiz Augusto P. “Desafios de uma política externa assertiva”, Revista Brasileira de Política Internacional (Brasília: IBRI, ano 46, nº 1, 2003, p. 12-34; link: http://www.relnet.com.br/Arquivos/pdf/2005/06100509rbpi_01_2003.pdf ; acesso em 11.03.06).
The Economist, “Falling out of love: Brazil's affair with China is going off the boil” (Londres: 4.08.2005; Link: http://www.defesanet.com.br/notas/brazil_china_e.htm; acesso em 11.03.06).
Vaz, Alcides Costa. “O Governo Lula: uma nova política exterior?”, Nueva Sociedad, Anuario Social y Político de América Latina y el Caribe (Caracas: Flacso/Unesco, nº 6, 2003, p. 1-16; link: www.unb.br/irel/ibsa/docs/acv_nuevasociedad.pdf; acesso em 11.03.06).
Veiga, Pedro da Motta. “A política comercial do Governo Lula: continuidade e inflexão”, Revista Brasileira de Comércio Exterior (Rio de Janeiro: Funcex, nº 83, p. 2-9; 2005 link: http://www.funcex.com.br/bases/83-polcom-PMV.pdf; acesso em 11.03.06).

(d) os “opositores declarados”:
Abreu, Marcelo de Paiva. “Política externa de massas”, O Estado de São Paulo (13.03.2006; link: http://www.mre.gov.br/portugues/noticiario/nacional/selecao_detalhe.asp?ID_RESENHA=209279).
-------. “Anacrônico coro protecionista”, O Estado de São Paulo (26.09.2005).
-------. “Pouco a mostrar”, O Estado de São Paulo (28.02.2005).
-------. “Alca por nada?”, O Estado de São Paulo (8.11.2003).
-------. “Pobre Barão”, O Estado de São Paulo (27.10. 2003).
Caetano, José Roberto. “Diplomacia: Um país cada vez mais isolado”, Exame (São Paulo: nº 853, 04.10.2005; link: http://portalexame.abril.com.br/revista/exame/edicoes/0853/economia/m0078172.html; acesso em 11.03.06).
Guilhon de Albuquerque, José Augusto. “O governo Lula face aos desafios sistêmicos de uma ordem internacional em transição", Carta Internacional (São Paulo: NUPRI-USP, vol. ?, nº ?, 2006, p. ??).
-------. “Economia política e política externa no governo Lula: as três agendas de um ativismo inconseqüente”, Plenarium (Brasília: Câmara dos Deputados, ano 2, nº 2, novembro de 2005, p. 84-93; link: http://www2.camara.gov.br/publicacoes/edicoes/Plenarium2.pdf).
Guzzo, José Roberto. “Mercosul: Um bloco que não faz sentido”, Exame (São Paulo: nº 823, 30.07.2004; Link: http://portalexame.abril.com.br/revista/exame/edicoes/0823/internacional/m0051691.html; acesso em 11.03.06).
-------. “Por uma diplomacia de resultados”, Exame (São Paulo: nº 832, 08.12.2004; link: http://portalexame.abril.com.br/revista/exame/edicoes/0832/internacional/m0050238.html; acesso em 11.03.06).
-------. “Lição de humildade: O governo, que se acha um sucesso internacional, só leva gol contra”, Exame (São Paulo: nº 849, 17.08.05, link: http://portalexame.abril.com.br/revista/exame/edicoes/0849/economia/m0057078.html; acesso em 11.03.06).
-------. “EUA: O maior aliado do Brasil”, Exame (São Paulo: nº 855, 01.11.05; link: http://portalexame.abril.com.br/revista/exame/edicoes/0855/economia/m0078514.html; acesso em 11.03.06).
Lafer, Celso. “A política externa e a crise política”, O Estado de São Paulo (21.08.2005; link: http://www.mre.gov.br/portugues/noticiario/nacional/selecao_detalhe.asp?ID_RESENHA=158612; acesso em 11.03.06).
Magnoli, Demétrio. “Política externa de Lula segue a cartilha de Rio Branco”, Folha de S. Paulo (19.01.2003, p. A14).
-------. “O preço da folia”, Folha de S. Paulo (12/11/2003, p. A3).
-------. “O estadista e o cortesão”, Folha de S. Paulo (30/9/2003, p. A3).
-------. “A esquerda que fuzila”, Folha de S. Paulo (30/4/2003, p. A3).
-------. “O jogo das representações”, Folha de S. Paulo (3/11/2005, p. A2).
-------. “Ninguém segue o líder”, Folha de S. Paulo (4/8/2005, p. A2).
-------. “Fim de jogo”, Folha de S. Paulo (23/6/2005, p. A2).
-------. “Vontade de potência”, Folha de S. Paulo (12/5/2005, p. A2).
Nogueira, Rui. “Entre Jânio e Maria, a louca”, Primeira Leitura (São Paulo: ano 2, nº 15, mai 2003; link: http://www.primeiraleitura.com.br/html/revista/15/materias/politica_externa/index.php; acesso em 11.03.06).
Piso, Antonio. “Uma Política Externa feita de Efeitos Especiais”, Espaço Acadêmico (Maringá: ano 5, nº 56, jan 2005; ISSN: 1519-6186 link: http://www.espacoacademico.com.br/056/56piso.htm; acesso em 11.03.06).
Salomão, Alexa. “Nós, os imperialistas”, Exame (São Paulo: nº 844, 06.06.2005; Link: http://portalexame.abril.com.br/negocios/m0042219.html; acesso em 11.03.06).
Sardenberg, Carlos Alberto. “As más alianças de Lula”, Exame (São Paulo: nº 843, 25.05.2005; link: http://portalexame.abril.com.br/economia/m0044101.html; acesso em 11.03.06).
-------. “Viagem equivocada”, O Estado de São Paulo (26.09.05; link: http://www.sardenberg.com.br/arquivoperes.asp?titulo=DIPLOMACIA%20EQUIVOCADA; acesso em 10.03.06).
Silva Lisboa, José da. “Populismo Diplomático”, Instituto Millenium (Rio de Janeiro: blog, 7.03.2006; link: http://institutomillenium.org/2006/03/07/populismo-diplomatico/; acesso em 11.03.06).
Vidigal, Antonio Carlos, “Lula e a diplomacia”, Opinião e Notícia (Rio de Janeiro: 20.02.2006; link: http://www.opiniaoenoticia.com.br/interna.php?mat=2666; acesso em 11.03.06).
Viola, Eduardo. “Transformações da posição do Brasil no sistema internacional, 1990-2005”, Plenarium (Brasília: Câmara dos Deputados, ano 2, nº 2, novembro de 2005, p. 94-119; link: http://www2.camara.gov.br/publicacoes/edicoes/Plenarium2.pdf).
------- e Andrade, Patricia. “China e Índia ameaçam o Brasil”, O Globo (Rio de Janeiro: 30.06.05; reproduzido em 1.02.06 no blog do Instituto Millenium; link: http://institutomillenium.org/2006/02/01/china-e-india-ameacam-o-brasil/).
------- e -------. “China, Índia e Rússia: exemplos para o Brasil?”, revista Banco de Idéias (Rio de Janeiro: Instituto Liberal, set.-nov. 2005).

Paulo Roberto de Almeida
Brasília, 24 de março de 2006.

2 Comments:

Anonymous Tambosi said...

Entre alguns nomes de "simpatizantes benevolentes" (e bota benevolência nisso), identifico alguns nomes que nem vou citar por temer processo.

Abs., Tambosi

quarta-feira, março 22, 2006 9:34:00 PM  
Anonymous André said...

Hehe, o medo vence a esperança. Mas agradeço-o, Paulo, pelo envio dessas informações, e, aliás, pela importantíssima notícia logo abaixo a respeito das publicações da Funag tornadas online.

quinta-feira, março 23, 2006 6:17:00 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home